+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

{Ceal} se marca como objetivos impulsionar a hotelaria e o comércio

A formação até a {digitalización}, passo chave para revitalizar a muitas empresas. Pede à Câmara Municipal que se renove o convénio com a Câmara de Comércio

 

Ángel Barrera, presidente da {Ceal}, durante a celebração de um ato. - {EP}

RODRIGO MORÁN
08/05/2020

Praticamente desde que se iniciasse a crise sanitária internacional pelo {covid}-19, a Coordenadora Empresarial de Almendralejo ({Ceal}) tem procurado fórmulas para dar início medidas urgentíssimas com o fim de travar os efeitos negativos sobre/em relação a a economia e, «o mais importante, que não desemboque numa crise social», tal como explica seu presidente, Ángel Barrera.

Assim, a {Ceal} leva semanas articulando estratégias, mas tem claro que os dois primeiros sectores aos que temos de atender som a hotelaria e o comércio «porque vão ser os mais afetados». Por esta razão, a coordenadora criará um comité específico para trabalhar com a hotelaria e apoia-la o máximo possível, organizando iniciativas que reativem, por sua vez, outros sectores como a indústria.

«Nestes momentos, mais que nunca, a empresa tem de ter um perfil reivindicativo. A empresa é o elo que segura o país e pode conseguir que a crise económica não nos leve a uma crise social. Vamos a tentar que sofra o menos possível. Temos de pôr-se as pilhas e trabalhar. A todos os empresários e trabalhadores lhes digo que, agora mais que nunca, temos que ser guerreiros por nossas empresas», assegura Ángel Barrera.

Em relação a isto, a coordenadora espera ter proximamente uma reunião com o presidente da Câmara Municipal para explicar-lhe que é necessário que se renove o convénio que tem a localidade com a Câmara de Comércio para manter uma delegação situada no Centro de Inovação Empresarial.

{Digitalización}/ É que graças à Câmara de Comércio têm posto em marcha iniciativas focadas à {digitalización} das empresas. «Temos formado a muitas que não tinham traçado este caminho e que têm já que agora é mais necessário que nunca. Não é momento de retirar nada da empresa», sublinhou.

Desde/a partir de {Ceal} asseguram que estão numa boa predisposição para trabalhar pelas boas relações que mantêm com as patronais, com a Câmara de Comércio, bem como com instituições como a Junta, Diputación de Badajoz ou a Câmara Municipal.

Recentemente, a diretiva de {Ceal} se reuniu com a Câmara de Comércio e {Coeba} para fazer contribuições que transferirão a nível nacional, entre as que estão reduzir trâmites burocráticos, apostar em a {digitalización} e a eliminação de organismos que não têm funções. algo que consideram «fundamental». Também têm solicitado mais informação sobre/em relação a os {ERTE} e sobre/em relação a o que acontecerá com as empresas que decidiram não ir a eles, mas poderiam não remontar o voo depois.