+
Accede a tu cuenta

 

O accede con tus datos de Usuario El Periódico Extremadura:

Recordarme

Puedes recuperar tu contraseña o registrarte

 
 
 

A {Ceal} apoia também que o cava se chame de Almendralejo

 

REDACCIÓN ALMENDRALEJO
23/11/2019

A Coordenadora Empresarial de Almendralejo ({Ceal}), que tem quase 300 associados na localidade, expressou numa nota de imprensa seu «firme/assine apoio» à cidade e à futura denominação Cava Almendralejo, respondendo assim ao debate suscitado a causa de o pedido que o Conselho Regulador da Denominação de Origem Cava fez em a sua proposta para melhorar a {zonificación} dos espumosos de cada território e que afeta, exclusivamente, aos vinhos espumantes espanhóis {premium} (mais de 18 meses).

No seu comunicado, a {Ceal} defende que os precursores do cava em Almendralejo, {Marcelino} Díaz, {Aniceto} {Mesías} e Pablo Juárez, «lavraram com esforço, ilusão/motivação e sacrifício um produto {emanado} das terras e adegas de Almendralejo» e assinalam que o Cava de Almendralejo tornou-se em «património e identidade da cidade, em motor económico, cultural e social, e em nosso maior embaixador» e por esta razão, acrescenta, os {premium} devem chamar-se de Almendralejo. A outra opção é Cava da Extremadura.

A {Ceal} pede além disso o apoio unânime das organizações e administrações que a representam. A Câmara Municipal, por seu lado, através do presidente da Câmara Municipal, já expressou neste jornal que também apoia essa denominação.