Menú

El Periódico Extremadura | Quinta-Feira, 16 de agosto de 2018

A Câmara Municipal adjudica seis parcelas do polígono industrial por 225.000 euros

O matadouro municipal se vende por 360.720 euros a Adegas {Romale}

R.CABEZAS ALMENDRALEJO
16/05/2018

 

A Câmara Municipal de Almendralejo tem acordado em junta de governo local adjudicar a venda de seis parcelas de uso industrial do polígono Terra de Lamas que suporão um rendimento de perto de 225.000 euros (sem IVA) para os cofres municipais. No passado mês de Fevereiro, a câmara municipal fez pública a convocatória para a venda de 16 parcelas distribuídas por diferentes zonas e maçãs com preços diferenciados.

Finalmente, foram seis as que receberam ofertas que foram aceitadas. Segundo a resolução, se têm adjudicado duas parcelas similares, ao preço de 67.000 euros (sem IVA) cada uma a Indústrias {Caleya} SL. Também se tem adjudicado outra parcela a Jesús Gutiérrez Díaz S.L.Ou. por montante de 40.300 euros (sem IVA). O resto de parcelas adjudicadas são para Manuel Reyes Hernández e dois para Alonso Álvarez Zambrano, todas elas rondando os 17.000 euros cada uma.

A resolução declarou deserta a alienação de todas as demais parcelas por falta de licitadores, bem como outra parcela pela renúncia de María del Mar Espinar Díaz.

A venda deste património municipal se une à venda acordada do matadouro municipal para Adegas {Romale} por montante de 360.720 euros (sem IVA). Pelo matadouro houve mais interesse/juro que noutras ocasiões, já que também apresentaram oferta as empresas Banhas do Sul e Os {Mellis} e Dois Mais.

As notícias mais...