Menú

El Periódico Extremadura | Sábado, 25 de janeiro de 2020

O botellón de ‘{tardebuena}’ de 24 de Dezembro se transferirá ao da feira

Juan Arias sabe que a medida não é popular, mas trabalha para oferecer atividades esse dia na zona. Não se fará na rua Cometa para cumprir assim com a lei que proíbe beber álcool na via pública

RODRIGO CABEZAS
18/11/2019

 

O popular botellón de {tardebuena}, que reúne tradicionalmente o 24 de Dezembro a milhares de jovens nas ruas da movida {almendralejense}, especialmente na rua Cometa, não se fará neste ano nesse lugar e será transferido ao recinto da feira. Assim o decidiu por consenso a equipa de governo, segundo explicou o vereador de segurança da Câmara Municipal, Juan Arias, quem tem descartado que se fora a suprimir esse botellón. Não obstante, tem precisado que, «por motivos de segurança e de cumprimento com a lei, vai-se a transferir ao da feira».

Arias, encarregado de velar pelo cumprimento de todas as ordenanças municipais, assegura que «a Câmara Municipal não pode fomentar o botellón em nenhum lugar onde não esteja habilitado/tesoureiro. Há um relatório/informe da policia municipal que dita que não se pode realizar esta atividade em base à lei de convivência e lazer».

O vereador defende o facto/feito de que não se pode beber álcool na via pública e recorda que esse botellón gera incómodos tanto/golo aos vizinhos/moradores da zona como ao trânsito filmado de veículos numa zona centralizadora da cidade.

Juan Arias também considera mais apropriado que este botellón se faça no recinto da feira por segurança, já que a aglomeração de pessoas que costuma concentrar-se entre as ruas Cometa e Pecuários (que chega a superar as 3.000 pessoas) provoca que possa resultar dificultosa uma possível intervenção dos serviços de emergência sanitários em caso de qualquer incidência.

Decisão difícil/ Juan Arias está consciente de que não foi uma decisão simples de tomar. «Está claro que a medida não pode {agradar} a todos os {almendralejenses}, mas se tem realizado por consenso de toda a equipa de governo», incide. Além disso, indica que manteve contacto com os proprietários dos bares e estabelecimentos desta zona, bem como com vizinhos/moradores, aqueles que apoiam a decisão.

Os mais contrários a esta decisão são os jovens, muitos dos quais expressaram seu mal-estar nas redes sociais porque consideram que era uma tradição que gostava a todos.

Neste sentido, Arias quis tranquilizar a estes jovens desconformes e tem adiantado que para essa tarde de 24 de Dezembro se programarão atividades no recinto da feira para celebrar esta ‘{tardebuena}’. Esse dia também se intensificará a vigilância e a segurança neste espaço.

Por outro lado, na zona tradicional da rua Cometa, os bares e estabelecimentos abrirão como é habitual, embora também aproveitarão para fazer atividades alternativas que atraiam ao público que esse dia sai à rua. De facto, Juan Arias já assegurou que há petições/pedidos dos proprietários destes bares de poder/conseguir localizar ou alargar as terraços existentes, já que as pessoas quererá estar fora.

Uns dias antes de tomar a decisão, Juan Arias já tinha adiantado as intenções da equipa de governo. O vereador tem tido sempre claro, argumenta, a necessidade de que em Almendralejo se cumpram todas e cada uma das ordenanças municipais, embora algumas resultem impopulares.

As notícias mais...