Menú

El Periódico Extremadura | Terça-Feira, 21 de novembro de 2017

A afluência de jovens ao da feira e o ato central, o melhor das festas

Cruz Roja realizou 47 intervenções no recinto da feira durante todas as jornadas. Ralha diz que preparam novidades para a edição 200, a do próximo ano

RODRIGO CABEZAS prov-badajoz@extremadura.elperiodico.com ALMENDRALEJO
19/08/2017

 

A equipa de governo, através de seu vereador de Festejos, José Antonio Regaña, fez uma avaliação positiva das festas da Piedade e Feria da Vindima que acabam de finalizar destacando, entre outros assuntos, o desenvolvimento do ato central celebrado a noite de 14 de Agosto, bem como uma maior afluência de jovens durante a noite no recinto da feira, apesar de que muitos {almendralejenses} aproveitaram as festas para fazer ponte.

Sobre/em relação a o ato central, Regaña assinalou que foi um medida certa o jogo de iluminação empregado pelos organizadores e assegurou que todas as avaliações recebidas pelo principal evento da feira foram positivas. Em relação à maior presença de jovens, precisou que foi «um medida certa» mudar a localização da tenda jovem e que houve uma boa organização no resto.

Incidentes/ As festas da Piedade também registaram uma série de incidentes entre os dias 11 e 16 de Agosto, segundo um relatório/informe detalhado da policia municipal. O serviço a Cruz Vermelha fez 47 intervenções durante estas jornadas no recinto da feira relacionadas com intoxicações etílicas, queimaduras, enjoos, crise de ansiedade, traumatismos por brigas ou diversas feridas de corte, entre outros.

O dia mais acidentado da feira foi na sexta-feira 11 quando se registaram dois atropelamentos. Um deles, na estrada de Badajoz, se saldou com um vizinho/morador de Soalheiro dos Lamas ferido de gravidade ao ser atropelado por um carro, cujo condutor ficou deslumbrado pela luz do sol. Outro foi no cruzamento entre a estrada de {Sevilla} e a rua Azinheiras, saldado com um ferido ligeiro. Esse dia também teve um acidente de viação na rua O Parque, sem consequências graves.

Estes dias também tiveram trabalho os serviços de bombeiros. Na sexta-feira 11 se produziu um incêndio na empresa {Gedauto} (Opel) no qual se viram afetados dois veículos e diverso material. A rápida intervenção dos bombeiros evitou um maior destroço e que o fogo se propagasse a empresas confinantes. Outro incêndio de menor calado se produziu na rua {Cantones} durante a noite de 15 de Agosto. José Antonio Regaña aproveitou para felicitar aos diferentes corpos de segurança por sua atuação.

Próxima edição / O vereador de Festejos indicou que já trabalham nas próximas festas da Piedade que cumprirão 200 anos e, portanto, «serão especiais». E para isso avançou que vão a recolher ideias e propostas das associações e coletivos representados na cidade. O orçamento das desta ano tem rondado os 135.000 euros, segundo informou o vereador responsável da área.

Por outro lado, Regaña diminuiu ferro à polémica gerada por uma pequena manifestação de um {gupo} antitaurino convocada para criticar o camarote infantil da tourada do dia 15, assinalando: «Temos podido ver a alguns que estavam na manifestação e depois têm ido aos festejos taurinos», após o qual assegurou que vão a proteger a festa taurina em Almendralejo, já que, argumentou, «muitas pessoas o primeiro que diz é que temos uma praça de touros linda».

As notícias mais...